sábado, 3 de janeiro de 2009

Secas

Para amenizar os problemas do nordestino e acabar com os efeitos das secas, a solução seria o Governo aplicar grandes somas de dinheiro na construção de açudes, perfuração de poços, sistemas de irrigação visto que o nordeste representa uma considerada área do território nacional. As condições para fixar o homem ao campo tem duas finalidades. A primeira, aumentar a produção de grãos para diminuir a fome no país e importar menos. A Segunda, reduzir os efeitos do êxodo rural para os grandes centros urbanos, como: favelamento, prostituição, violência, drogas, doenças, insegurança, falta de cidadania e dignidade ao ser humano favelado. As autoridades devem levar uma infra-estrutura ao campo: como hospitais, escolas, energia, telefone, tratamento da água para o consumo humano, praças de esporte etc. Com isto o homem não precisaria se deslocar para as cidades maiores. Pois já tinha tudo no seu lugar. O mais importante, é sem dúvida, a reforma agrária, para quem vai nela realmente trabalhar e produzir. Dando-lhe só a terra não basta, É preciso dar-lhe condições de fazê-la produzir. Como? Concedendo empréstimo a juros pagáveis, dando ao rurícula assistência técnica de como melhor produzir mais, com menos custos. Com o financiamento de sistema de Irrigação teríamos produtos agrícolas o ano todo a preços mais acessíveis e estáveis. A pecuária também ganharia com este empreendimento. Concluímos que, todos sairiam ganhando: O camponês permaneceria preso às suas raízes, o homem da cidade com preços mais baixos e menos problemas urbanos, o estado arrecadaria mais impostos. A economia cresceria, o desemprego cairia. Falta apenas o governo criar vergonha, vontade política e arregaçar as mangas e pôr em prática, estas medidas

Um comentário:

  1. Texto criado em 1995. Portanto desculpem-me se encontrares alguma discrepância.

    ResponderExcluir